domingo, 11 de março de 2012

Na Incerteza dos meus Sonhos

Na incerteza dos meus sonhos, provou que é verdade.
Com sua pureza singular, os tornou realidade.
Em um breve instante, tudo se transformou.
E o conceito de um sentimento, simplesmente, mudou.

Ora, direito não tenho, de dizer que não esperava,
que você existisse, e a minha alegria mudasse.
E o resgate do mais simples amar, à minh’alma retornasse.

Hoje, vivo cada instante, como se o próximo não fosse tão surreal.
E pouco sei explicar, se o que sinto é real, embora esteja certo da sua verdade.

Ainda que digam, que a paixão se consolida em um simples toque.
Eu tenho em mim, apenas uma certeza.
Se o que sinto, não foi fruto do sentir da pele.
Não é paixão, é amor.

Confia Coração

Confia coração, naquilo que embora você ainda não tenha visto, já lhe cativas e por ti – em parte – é responsável.

Confia coração, pois o que antes sucedeu, foi o que antecedeu o teu momento.

Confia coração, ou a flecha que tua imaginação criou, pode lhe atravessar e deixar uma marca definitiva.  A marca da desconfiança.

sábado, 24 de dezembro de 2011

Chegada a hora

"É agora? Mas, ainda tenho tanto a fazer...

Missão cumprida? Tão breve assim? E aqueles que de mim dependem, ficarão a mercê do sofrimento e da solidão por minha ausência?"

Geralmente, prestes a embarcar no transporte ao Paraíso, esses pensamentos certamente passam por nossa mente. A alma deve ficar confusa, incerta, temerosa.

Dizem que a única certeza da vida, é a morte, o fim. Mas, já pensou que a partida, pode ser o real início?

Se a vida é eterna, evidente que a experiência terrena é temporária. Porque não sabemos então lidar com o óbvio? É simples, o Criador nos deu a capacidade de amar, e nós desenvolvemos a capacidade de nos prendermos aos amores e aos amados.

Já ouvi por diversas vezes, "A dor é inevitável, mas o sofrimento é opcional", compreender é fácil, praticar, nem tanto.

Todos sofremos por partidas - que julgamos - antes da hora. Qual é a hora então? Qual é o nosso tempo?

Isso, apenas saberemos na hora em que a nossa chegar. O descanso e a paz, com certeza estarão presentes,  quando chegarmos ao destino que a embarcação sentido Paraíso nos levará. 

Tão confortante, deve ser, se assim tivermos a capacidade de enxergar por meio das nuvens, o entendimento e compreensão de nossos amados, que ainda estão em missão. Mas, como já passamos por isso, sabemos que não será fácil.

Que tal um exercício? Feche seus olhos. 
Mentalize, um momento maravilhoso com alguém especial, que já fez a viagem.
Imagine-o sorrindo, feliz, entusiasmado. E agora, conectando-se a DEUS, agradeça por cada momento feliz que você teve com este estímulo de amor.
Abra seus olhos, respire fundo, e entenda que na vida, tudo é passageiro, mas o sentimento uma vez plantado é eterno. O corpo fica, o espírito vai.

A saudade? Ah, a saudade, é o amor que fica. Então ame, entenda, e não se prenda.


Quem foi que disse?

Quem foi que disse, que tudo deve ser como a sociedade impõe?
Quem foi que disse, que você deve se portar como os demais?
Quem foi que disse, que a sua felicidade, depende de dinheiro, luxo, status ou bens?

Imagine, quantas coisas você já fez pensando no que os outros dizem ser o certo, e o pior, quantas você deixou de fazer pelo mesmo motivo?

Não são perguntas tão difíceis assim de se responder, certo? Mas, com certeza, é complicado aceitar que o seu diamante, quem lapida é você mesmo.

De nada interessa o sapato que você usa, o cabelo ou o peso que você tem. Seu brilho independe de tudo isso.

Será que vale a pena se esforçar tanto pelo "sucesso" que lhe trará melhores condições financeiras?

E quando você era criança, tinha as preocupações que tinha hoje? Tinha vergonha de tomar banho de chuva?  De se sujar de lama? De usar roupas engraçadas?

Quem disse, que você tem a obrigação de casar ou ter filhos com determinada idade?

Agora, quem deve dizer, que você tem de aproveitar cada segundo da sua vida, trocar energias positivas, amar e ser amado, não se sentir menor do que ninguém, não se importar com a matéria, viver e caminhar sorrindo, e entender que a maior riqueza da vida, o dinheiro não compra.
Quem deve dizer, se ainda não disse, com pressa, é VOCÊ.

Não perca mais seu tempo, se importando com o que o homem inventa. Faça a sua felicidade brotar do seu vaso, que embora os demais julguem como pequeno, é o suficiente pra lhe preencher as lacunas.

Compreenda, que nos seus relacionamentos, familiares, conjugais e amigáveis, a palavra que reina, é o respeito.
Quantos namoros ou casamentos você teve, e disse que esse seria o único e eterno? Foi? É certo, que tudo deve acontecer ao seu tempo, mas diante do ato, não existe unilateralidade, e nessa peça, você é fundamental.

Primeiro se ame, depois se entregue ao amor alheio.

Ah, me desculpe, estão me chamando, devo ir agora. Não posso deixá-los ir embora. Não sei se eles voltarão, tenho a obrigação de aproveitar a carona.

A quem fica, um abraço, a vida está chamando, e ainda me trouxe muitos amigos, esses são chamados anjos, e de presente, me deram sentimentos bons.

Quer ir? Então vamos! JESUS disse que nos guiará.



terça-feira, 5 de julho de 2011

A Hora é Agora


Já pensou na hipótese, de que tudo o que se faz, se reflete no futuro? Será que vale a pena se privar de situações ou ocasiões, justificando a não tentativa por um erro que até então, é incerto?
 
Pois então, por quantas vezes você já deixou de viver algo, com medo do julgamento daqueles que também culpados são? O fato é, quem sofrerá com uma possível angústia? Quem carregará um sentimento de arrependimento? Ou até mesmo, quem será feliz por segundos?  E encontrará a alegria no simples sorriso de um inocente irracional?

Valerá a pena então, pensar duas vezes antes de fazer?

Vamos fazer um exercício?

Feche seus olhos. Agora permita que a nostalgia arremate seus pensamentos. De imediato, você vai para os lugares mais especiais que já passou, sentirá o mesmo prazer dos momentos inesquecíveis, mas também, sentirá a angústia de um sentimento não correspondido, de um momento em que não se permitiu viver, inventando limitações. Busque uma resposta simples dentro de você. Aquele sorriso que você se lembra até hoje ou aquele abraço que confortou a sua alma em momento difícil, não foram importante por determinados motivos?  E aquela decepção, que lhe deu a vontade de sumir ou sair correndo gritando pela rua de forma desvairada e desmedida, também não lhe serviu de aprendizado?

O que importa, é aproveitar cada instante da sua jornada, seja ele feliz, ou nem tão maravilhoso quanto você esperava. Entenda que, nada acontece por acaso, e que se você acredita realmente no que deseja, não existe derrota, só o adiamento da sua vitória. 

Viva cada momento, de uma forma única, não se limite, se liberte.


Em resumo, deixe acontecer. Faça agora, amanhã, não terá mais.
 

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Apaixonante Confusão

Por quantas vezes você já colocou alguém/alguma pessoa a frente das outras que realmente são importantes?
Evidente, que todos que aparecem nas nossas vidas, tem o seu significado e sua parcela de importância. Mas porque em muitas situações elevamos uma pessoa por um sentimento que nem nós mesmos sabemos o que é. Certo, de que existe uma explicação para isto na ciência, mas essas conclusões lhe confortam? Saber que quando estamos "apaixonados", é natural, viver e respirar por aquele que faz nosso coração disparar e as pernas tremerem. E não pense que isso deixará de acontecer, ou que acontece devido a idade que você tem. Você pode ter 12 ou 82, enquanto não entender o porque isso acontece dentro de si, nunca vai deixar de ser assim, e consequentemente sofrer em um futuro mais breve do que imagina.

Agora, reflita.
Este alguém, é realmente essencial em sua vida? Como foi sua vida até então? Quantas coisas essa pessoa acrescentou em sua vida, desde que apareceu?

Confuso não é? Agora tente imaginar sua vida, sem essa pessoa tomando conta dos seus pensamentos e minutos. Um minuto perdido, nunca voltará. Claro, que nada que vivemos é em vão, mas viver em função do que não existe, ou é vazio, é em vão.

Imagino quantas vezes você já disse em pensamento hoje, "te adoro/te amo" pra essa pessoa. Mas quantas vezes do seu dia você diz "me adoro/me amo" por dia?

sábado, 26 de fevereiro de 2011

Sábalada

Há quem diga, que Sábado sem balada, não é sábado. Assim como macarrão sem queijo, é que nem namoro sem beijo.

Mas existem tantas opções hoje em dia que possibilitem tal prática? Já que o que se chama de "balada" hoje em dia, são as chamadas festas eletrônicas ou raves, bailes funk, rodas de samba e pagode. Você já perguntou aos seus pais e avós, para saber como era no tempo deles? Será que ir ao teatro, ou a um cinema com sessões de madrugada é tão retrógrado assim? É brega sentar em uma praça pública em uma roda de violão, com um vinho de origem duvidosa com um ótimo custo benefício?

O fato é que, grande parte das pessoas (principalmente os jovens) permitem-se influenciar pela opinião dos outros. Ou seja, que graça tem chegar na Segunda, na escola ou na faculdade e não ter ou não ser o assunto da roda dos amigos antes da primeira aula.

Hoje, o livre-arbítrio acaba sendo transformado no livre-arbítrio-pressionado.

Faça o que você bem entender, cada um tem o seu ritmo, seus gostos, suas preferências, e principalmente os seus PRINCÍPIOS.

Faça valer os momentos da sua vida, como lhe é benéfico.