quinta-feira, 21 de abril de 2011

Apaixonante Confusão

Por quantas vezes você já colocou alguém/alguma pessoa a frente das outras que realmente são importantes?
Evidente, que todos que aparecem nas nossas vidas, tem o seu significado e sua parcela de importância. Mas porque em muitas situações elevamos uma pessoa por um sentimento que nem nós mesmos sabemos o que é. Certo, de que existe uma explicação para isto na ciência, mas essas conclusões lhe confortam? Saber que quando estamos "apaixonados", é natural, viver e respirar por aquele que faz nosso coração disparar e as pernas tremerem. E não pense que isso deixará de acontecer, ou que acontece devido a idade que você tem. Você pode ter 12 ou 82, enquanto não entender o porque isso acontece dentro de si, nunca vai deixar de ser assim, e consequentemente sofrer em um futuro mais breve do que imagina.

Agora, reflita.
Este alguém, é realmente essencial em sua vida? Como foi sua vida até então? Quantas coisas essa pessoa acrescentou em sua vida, desde que apareceu?

Confuso não é? Agora tente imaginar sua vida, sem essa pessoa tomando conta dos seus pensamentos e minutos. Um minuto perdido, nunca voltará. Claro, que nada que vivemos é em vão, mas viver em função do que não existe, ou é vazio, é em vão.

Imagino quantas vezes você já disse em pensamento hoje, "te adoro/te amo" pra essa pessoa. Mas quantas vezes do seu dia você diz "me adoro/me amo" por dia?